Image

Mercado de TI no Canadá: O que você deve saber para começar a sua carreira

Imagem não definida

Como já falamos anteriormente, o mercado de TI é hoje um dos mais promissores em todo o mundo, e com a constante evolução das tecnologias, programas e sistemas, a tendência é que ele apenas se expanda. Por isso, vários países estão sempre em busca de novos talentos da área, que se encontra atualmente com grande défict de profissionais.

Isso torna o Canadá, que ativamente procura imigrantes para suprir sua demanda de mão de obra, um lugar ideal para dar aquele empurrão na carreira! Com vários polos tecnológicos e empresas grandes que possuem sedes por lá, vagas nessa área não faltam.

Por isso, vamos dar algumas dicas para se candidatar numa vaga internacional, pois não é tão simples começar a trabalhar para uma empresa num continente diferente. Mas lembrando, essas são apenas algumas recomendações e não um guia definitivo. A contratação ou não depende só de você!


Preparações para entrar no Mercado de TI no Canadá

Conhecimentos da área

Antes de tudo, é preciso avaliar qual o seu nível de experiência. Você é um recém formado com pouca experiência no mercado ou já possui um extenso currículo com anos de atuação? Existem vagas para qualquer nível, então vá atrás da mais adequada para você. Assim você também evita assumir uma vaga para qual não está preparado.

Sua formação e cursos são bem importantes aqui. Cada vaga pode exigir uma linguagem diferente, então é imprescindível dominá-la e seus frameworks específicos também, seja tanto no front ou no back-end.

Dê preferência para as linguagens que você possui maior domínio, e mostre que você continua procurando aprender cada vez mais para elas. A linguagem é um dos pontos mais importantes, tanto para progamação quanto para a comunicação. 


Nível de Inglês

O inglês será a principal língua a ser usada, então o conhecimento dela é obrigatório. Você precisa ser capaz de se comunicar bem, entender conversas e ter uma pronúncia aceitável. 

Seu domínio da língua já será testado numa entrevista, mas não se preocupe se não for tão proficiente. O nível intermediário já é o suficiente para a maioria das vagas, já que ele é o bastante para compreender suas tarefas e realizá-las.

Mesmo assim, sempre é bom estudar um pouquinho mais para mandar bem no seu dia-a-dia com a empresa. Como o uso da língua será constante, a vaga é também uma boa chance de melhorar seus conhecimentos! 


Currículo e apresentação

Na mesma linha de pensamento, seu currículo também precisa estar em inglês. Traduzir a versão brasileira dele é um bom exercício para treinar sua proficiência, pois é preciso deixar claro suas habilidades e proficiências nele. 

O costume antigo de colocar foto no currículo está cada vez mais sendo deixado de lado, e no Canadá não é diferente. Não se preocupe com foto ou idade, e foque apenas nas informações importantes. Mostre o que você é capaz de fazer, cite experiências antigas e formações, coloque seu Github e alguns projetos realizados para, assim, ganhar o interesse do recrutador.

Junto com o seu CV, sempre enviei uma Cover Letter, a famosa Carta de Apresentação. Esta também deve ser escrita em inglês e, embora construir um modelo base para enviar para diferentes empresas seja recomendado, ter o cuidado de personalizá-la para cada tipo de vaga em que você se candidata é mais ainda.

Sua Cover Letter deverá conter informações parecidas com seu currículo, mas aproveite a chance para explicá-las um pouco mais. Seu objetivo é mostrar como você pode ser uma boa escolha para a empresa, e como seu perfil é similar com o que ela procura neste momento. Mais uma vez, um bom inglês aqui é indispensável para poder expressar corretamente tudo isso.


LinkedIn e conexões

Manter seu LinkedIn atualizado também é algo indispensável. Ele será sua principal rede para criar conexões no mercado profissional. Se tem alguma coisa nova para mostrar lá, mostre! Não pense duas vezes, pois muitos recrutadores vão usá-lo para conhecer melhor suas capacidades.

E como seu objetivo é uma vaga no exterior, lembre-se de deixar todas as informações em inglês. Mostre que você está #OpenToWork, e crie conexões com recrutadores e outros profissionais da área. Contatos a mais nunca são algo ruim, e podem facilmente te garantir uma colocação em alguma vaga da área.

Para quem está começando, essa é a dica mais importante. De conexão em conexão, você pode acabar conseguindo algum freela, que pode acabar, aos poucos, se tornando uma vaga permanente. Não deixe as chances passarem!


Onde encontrar vagas de TI no Canadá

Com todos os outros passos feitos, é hora do principal: Ir atrás das vagas em si. Neste ponto, tenha sempre em mãos os links para suas informações, LinkedIn, Github, portfólio e outros sites e arquivos que podem ser necessários na hora de se candidatar.

Além do LinkedIn, procure vagas em outros sites especializados. O Indeed, um dos maiores sites de empregos do mundo todo, também está presente no Canadá, e é um bom primeiro passo caso já tenha familiaridade com a plataforma.

Para algo mais direto, o próprio site do Governo do Canadá possui um banco de empregos no qual você pode verificar algumas das vagas disponíveis no país. Informações como nome da empresa, salários, carga horária e afins já estarão disponíveis com toda transparência.

Outra rede para procurar vagas é o Monster. Embora o site não opere mais no Brasil, é um dos principais locais utilizados pelas empresas que querem anunciar suas posições. E independente de onde procure por elas, as vagas para a área de Tecnologia da Informação só aumentam.

Uma pesquisa rápida no Indeed pelo termo Information Technology, por exemplo, mostra mais de 16,000 vagas abertas no Canadá, e a tendência é que o número só aumente, já que o mercado ainda depende de mais profissionais.

Como o trabalho de programadores pode ser feito de forma exclusivamente remota, muitas dessas vagas permitem essa opção. Mas também existem várias posições que exigem o presencial, dando a oportunidade para morar no país a trabalho.

Segundo o consultor de imigração Willian Santos, da EveryStep Immigration, além de ser uma área bem aquecida aqui no Canadá, profissionais da área de TI encontram diversas vantagens em processos de imigração permanente no Canadá. Províncias como British Columbia, Ontario e Alberta tem programas de imigração que priorizam especialmente tais profissionais. A alta remuneração associada a ofertas de emprego dessa área também ajuda em muitos programas de imigração permanente ao país, como é o caso do programa de imigração de British Columbia, o BC PNP, no qual quanto maior é o salário de uma oferta de emprego com empresa localizada na província, mais atrativo se torna o perfil imigratório do(a) estrangeiro que detém tal oferta de trabalho.

Confira sua eligibilidade para participar de um possível processo migratório e vá à busca! O Canadá está sempre a procura de novos profissionais. Quem sabe você não pode ser um deles?


Jornalista formado pela Universidade Estadual Paulista, atualmente trabalhando como freelancer.

Destaques

Descontos em Parceiros

Clique no parceiro para gerar o Voucher de Desconto.
Copyrights © 2022 . All Rights Reserved.
Photo credit: Incedogroup.com, Freepik
contato@brasileiroscanada.com·